sexta-feira

NELSON MONFORTE

O DRAGOEIRO 2008 - Bom Ano!
Nelson Monforte
Parabéns a todos pelo sucesso e excelente trabalho desenvolvido em 2007... Feliz Ano Novo Dragos...


New Mission in 2008:

1.1- Blasted - Sarah Kane
1.2- Os Torrões - Tatiana Belinky
1.3- Noites Brancas - Fiódor Dostroiésvky
1.4- Trasfega - Cristovão Aguiar

Preparados?... Esta mensagem auto....-rrrrrrrrrrhhhhhhhhzzzz33337777pufhhh-----------------

segunda-feira

FELIZ NATAL D' O DRAGOEIRO


ESPERANÇA

Nasceste
Menino
naquele tempo
como o nome de Jesus

Quantas vezes nasceras antes?
Quantas nasceste depois?

Nasceste
Menino
naquele tempo

pobrinho
nu
esfarrapado
no gelo
duma gruta negra

Nasceste
Menino
naquele tempo

com os pobres
os nus
os esfarrapados
e com eles
por eles
para eles
viveste
Menino

Nasceste
Menino
naquele tempo

Pelos pobres
nus
esfarrapados
erqueste o braço da tua cólera
e escorraçaste os vendilhões
com o chicote

Menino!
com o chicote!

Nasceste
Menino
naquele tempo

e os vendilhões mataram-Te
pregado numa cruz

E sempre que nasces
Menino
os vendilhões Te matam
pregado na mesma cruz

Nasceste
Menino
naquele tempo

Quantas vezes nasceras antes?
Quantas nasceste depois?
Quantas voltarás a nascer?

Menino
Tu nasces de novo sempre
quando no Mundo nasce um pobre
nu
esfarrapado

porque Tu
és os pobres
os nus
os esfarrapados todos
de hoje
ontem
amanhã
que esperam em Ti
só em Ti

Menino que nasceste naquele tempo
com o nome de Jesus!

Dias de Melo

sexta-feira

Alguns momentos da equipa do Contrabando Original...
Momentos que deixaram muitas saudades mas também a promessa de regresso já em Janeiro...
Obrigada a toda a equipa...

As fotos (cima para baixo): chegada a Ponta Delgada; na porta da RDP; momento com o Sidónio e o seu programa "Inter Ilhas"...


quarta-feira

A MOREIA - Pelo Grupo Central





















































PROCURAM_SE







A quem encontrar mil beijiiinhos e muitas saudades do Dragoeiro.
Vamos dando notícias. Estamos muito orgulhosos com mais este sucesso alcançado e queremos mais. Até breve....
Tudo que é bom...
A MOREIA "To Be Continue"... os bons momentos que passámos foram únicos.É sempre bom viver experiências profissionais fantásticas e emocionantes. O teatro é realmente um encontro de pessoas! Estas pessoas marcarão certamente o caminho do Dragoeiro com coisas muito positivas. A Todos muito obrigado!
Um contrabando de texto pela actriz Carolina Bettencourt... "ensaios inspiradores"

ENTRE DOIS DEDOS E UMA MÃO CHEIA

Tira as botas. Calça os ténis. Tira a saia. Veste as calças. Despe o casaco. Enfia a blusa. Tira a mala. Arranja as molas. Amarra o cabelo. Solta o cabelo.
Sai carolina entra tia. Sai tia entra pai. Sai pai entra Miguel. Sai Miguel entra aurora. Sai rua entra cena. Sai a mesa. Entra cadeira. Sai palco entra plateia. Põe chapéu tira chapéu. Põe prata amachuca prata. Uma perna que cruza noventa graus. Uma mão de pulso quebrado. Um corpo pesado. Um corpo leve. Um grito. Um agrado. Um silêncio. Um vazio. Gaguejar. Berrar. Levantar. Respirar. Sopa de massa. Frase métrica. Esquerda. Direita. Passo ao lado. Três quartos e cena feita. Dois choros de lamento e um tom jornalístico, reajusto de contas para a contagem que não anda. Não marca. Experimenta. Improvisa. Diafragma sobe e desce. Língua seca enrola salivas de poder.
Pausa. Dois minutos a fugirem para um e meio em meia dúzia de correcções de corredor.
Dois apontamentos. Duas horas depois. Tiro os ténis. Calço as botas. Tiro as calças. Visto a saia. Desenfio a blusa. Visto casaco. Arranco as molas. Ponho a mala. Solto o cabelo. Amarro o cabelo.
Texto. Relógio. Minutos. Sol de madrugada. Duas garfadas.
Conversa fiada. Três virgulas confessadas.
Pólo negativo. Sereno. Rádio. Surpresa. Calma. Sorriso. Espera. Alcance.
1:46.



sexta-feira

C O
O R
N I
T G O CARTAZ...
R I
A N
B A
A L
N
D
O

Estreia dia 15 de Dezembro ás 21h30m em Ponta Delgada no Auditório da Biblioteca, no Largo do Colégio.




Mesmo para quem trafica teatro o trabalho de mesa, pela mesa, na mesa, sobre a mesa ou mesmo à mesa é muito importante.
Assim dia 27 de Novembro tivemos a presença da nossa contrabandista do texto entre nós, no ensaio, para orientação dramatúrgica.
Falámos muito, muito...muito e venerámos o Padrinho, José Martins Garcia.


A mesa é e será sempre um sítio de brilho e inspiração.


Dias destes fazem com que este Barco da Escuridão que é a Arte navegue pelo azul imenso de um mar de papel...